O último ano foi bastante desafiador para todos, que precisaram, às pressas, transformar suas rotinas e mergulhar ainda mais no mundo virtual para garantir a continuidade das mais diversas atividades. O universo gamer também foi impactado pelos novos padrões de comportamentos: cresceu 12% em 2020, de acordo com relatório da SuperData. No mesmo período, a Nimo TV cresceu 25% em todo o mundo.

Com a missão de inspirar as pessoas com a sua história, o streamer e modelo, Murillo Mello, observou na necessidade do distanciamento social uma oportunidade de transformar sua jornada; ele já produzia conteúdo online sobre jogos há 4 anos, mas foi em 2020 que começou a streamar em uma plataforma profissional e descobriu que poderia ser um aprendizado para ele e para todos que o assistem. “Eu tinha vergonha de me comunicar por conta da minha deficiência e as lives e os games foram minha válvula de escape. Agora consigo mostrar quem realmente sou”, conta.

Sua paixão pelos games começou aos 6 anos de idade, quando teve contato com seu primeiro videogame, o Playstation 1, onde jogava Tomb Raider, Spyro the Dragon e Crash Bandicoot. O Free Fire e o GTA 5 viraram seus jogos preferidos um pouco mais tarde e hoje são parte principal de seu trabalho diário.

Em menos de um ano streamando na Nimo TV, Murillo já conquistou mais de 2 mil seguidores que acompanham suas longas partidas diárias de Free Free Fire e GTA 5, enquanto aprendem um pouco mais sobre sua jornada como pessoa com deficiência no universo gamer.

“Apesar da dificuldade com as minhas condições motoras, estou sempre me desafiando a buscar o melhor para minha vida. Eu sou feliz da forma que sou, não sofro com os comentários preconceituosos das pessoas. Sei que vou chegar lá porque eu não desisto nunca, só preciso de pessoas que acreditem no meu potencial”, finaliza Murillo.

A Nimo TV foi a plataforma escolhida por Murillo para iniciar o seu trabalho como streamer. “Para nós é um privilégio termos histórias como essa para contar e saber que outros streamers da comunidade gamer se sensibilizam com casos de vida como o do Murillo e o ajudam nessa jornada que para muitos pode ser lazer, mas para outros tantos já é uma profissão”, comenta Rodrigo Russano Dias, gerente de Marca e PR da Nimo TV.

Via Sing Comunicação