ALEX - Imagem: HLTV

Cloud9 anunciou que seu time de Counter-Strike inteiro estará no banco após seis meses de resultados medianos e fará uma pausa no competitivo do jogo de tiro da Valve, Jack Etienne, o CEO da organização, disse ao Rush B Media e The Esports Observer sobre a pausa.

O Sr. Etienne citou as dificuldades de desempenho e o impacto financeiro da longa permanência da equipe na Europa, devido à pandemia do coronavírus, como as razões para colocar o projeto em espera, colocando todo o plantel na lista de transferência e se separando do técnico Chris "⁠Elmapuddy⁠" Tebbit. Segundo o Sr. Etienne, a Cloud9 pretende voltar ao Counter-Strike no futuro, possivelmente com uma equipe norte-americana.

A Cloud9 investiu pesadamente em sua divisão CS:GO, apelidada de 'O Colossus' pelo gerente geral Henry "⁠HenryG⁠" Greer. A escalação foi inicialmente construída em torno do IGL Alex "⁠ALEX⁠" McMeekin e do técnico Aleksandar "⁠kassad⁠" Trifunović , embora o capitão sérvio tenha deixado o projeto no final de 2020, pouco depois de sua criação.

Após a virada do ano, Özgür "⁠woxic⁠" Eker foi transferido para o banco e substituído pelo promissor Erick "⁠Xeppaa⁠" Bach, com ALEX e depois Patrick "⁠es3tag⁠" Hansen assumindo as funções de AWPing.

A equipe de maioria europeia da Cloud9, atualmente em 25º no mundo, alcançou o pico na 19ª colocação no ranking de equipes, e tem se estabilizado nessa posição desde sua escalada inicial em outubro/novembro, incapaz de quebrar a barreira das quartas-de-final de eventos como cs_summit 7 e DreamHack Masters Winter 2020 Europe, com exibições mais fracas na Flashpoint 2, o IEM Katowice Play-In, onde perderam uma vaga no evento principal, e ESL Pro League Season 13, que acabou de terminar em 17- 20º lugar após derrota para o MiBR.

A escalação do banco de dados de Cloud9 é:

  • Alex "⁠ALEX⁠" McMeekin
  • William "⁠mezii⁠" Merriman
  • Patrick "⁠es3tag⁠" Hansen
  • Ricky "⁠floppy⁠" Kemery
  • Erick "⁠Xeppaa⁠" Bach

via HLTV