Saudades de algum jogo nostálgico e com estilo que fazia muito sucesso nos celulares há quase meia década atrás? Os seus problemas se acabaram com o lançamento de Crash Bandicoot: On The Run pela King, a mesma responsável pelo Candy Crush Saga.


O que é?

Crash Bandicoot: On The Run é um jogo de corrida para Android e iOS no qual o famoso personagem dos anos 1990 é a estrela do game. O game de corrida vertical, endless run, é totalmente intuitivo e simples de jogar e com um leve sistema de farm e craft para liberar e avançar nas fases.

Todos os elementos de Crash Bandicoot estão presentes, dos pêssegos às jóias, tudo que conhecemos estão presentes no game.


O game

Aqui sem dúvidas temos um legitimo "jogo do trono" (não confundir com Game of Thrones) que na primeira vez, talvez você não coloque muita fé no game, no entanto, ao jogar pela segunda vez, a magia está feita e o jogo começa a te viciar.

De forma bem simples e intuitiva, o game nos ajuda a upar nossa ilha que é o local que dá acesso a tudo e vai liberando cada vez mais opções de craft. a criação de Elixir à Pistolas são importantes para liberar as fases para jogarmos. Em cada uma precisamos de um item ou uma combinação delas, para assim, entrarmos na fase e derrotar o sub-chefe ou o chefão final.

Dentro das fases o game segue o clássico arrasta para cima e você pula, arrasta para baixo e o personagem desliza, para os lados ele vai para o lado que você arrastou e por fim, ao tocar a tela eles giram (para destruir caixas, derrotar inimigos, etc).

A máscara Aku Aku está no game e faz o mesmo serviço dos games tradicionais da série Crash Bandicoot: protege o personagem. Com uma máscara protege de um hit, amarela protege até dois hits (volta a ser normal após a primeira pancada sofrida) e com três ativa temporariamente a invencibilidade. Vale lembrar que no último estágio ela não te salva se você der de cara com as paredes.

O game tem um sistema de farm que irá nos ajudar a craftar materiais paras as fases ou liberar e realizar updates de novos locais da Ilha para progredirmos no game. Existe um totem que troca pêssego e passos por troféus. Os troféus são importantes para as competições entre clãs.


Os irmãos Bandicoot

O game vem com a dupla como opções para jogarmos: Crash e Coco Bandicoot. Eles serão os responsáveis por salvar o caos do multiverso. A jogabilidade não muda entre eles, contudo, as skins dão algumas vantagens que vamos falar mais abaixo.

Como todo bom game mobile da atualidade, obviamente, a parte da lojinha veio voando alto e temos algumas skins para adquirir ou por dinheiro diretamente, como a Crash Motoqueiro, ou por Cristais como a Coco Punk.

As skins dão alguns benefícios para os personagens, todas dão um nível de Aku Aku pelo menos, e dependendo da skin teremos alguns bônus no farm de algum material específico na Ilha.


Resumindo

O game é divertido e com um desafio bem equilibrado para passar o tempo, mesmo que você fique somente no modo free to play. O game tentará te seduzir rapidamente par ao lado "cashado" da Força logo no terceiro mundo ao começar a exigir itens que levam 20 minutos para ficarem prontos e dependem de outros para sua criação.


Logo depois disso começam itens acima dos 40 minutos, e claro, se gastar Cristais podemos acelerar o processo do craft. Como o jogo dropa poucos Cristais, advinha como você consegue mais? Difícil de $abermos.

Deixando de lado esse fator o game entretêm, cumpre seu papel como uma opção jogo do trono e vai atingir diversos púbicos e tipos de jogadores, dos mais competitivos ao casuais, Crash Bandicoot: On The Run vale a jogada.

Crash Bandicoot: On The Run está disponível para Android e iOS.