SPOILERS de All's Wells That Ends Wells, estreia da sétima temporada de The Flash

A sétima temporada de The Flash estreou na última terça-feira (2), e o Team Flash enfrentou um dos seus maiores desafios. Com a morte da Força de Aceleração na sexta temporada, Barry Allen (Grant Gustin) tem perdido velocidade - e o momento não poderia ser pior. Eva McCulloch (Efrat Dor) está a solta no mundo real, e Iris West-Allen (Candice Patton) continua presa no Mirrorverse. Com o tempo se esgotando para os dois, o Team Flash elabora um plano para ajudar Barry e derrotar Eva. E o resultado é uma grande perda para os heróis.

O que aconteceu?

Muito da ação do episódio gira em torno do Team Flash tentando descobrir uma forma de alimentar a Força de Aceleração artificial que eles esperam restaurar a velocidade de Barry. Como Nash Wells (Tom Cavanagh) é o "hospedeiro" da consciência de todos os Harrison Wells do multiverso - após a Crise nas Infinitas Terras - o Conselho dos Wells tenta ajudar no problema. Eles até introduzem um novo Wells (Harrison Orson Wells), e eventualmente descobrem uma solução.


A solução

São as partículas do multiverso que Nash carrega. Elas acionariam o dispositivo, mas é necessário um receptor orgânico. Isso significa que Nash teria que fazer a transferência fisicamente, matando-se no processo. A ideia obviamente não cai bem para Nash, que surge com outra solução.

Com ela, Allegra Garcia (Kayla Compton) explode as partículas usando seus podres, para fazer uma transferência estável. O problema é que o processo falha, enviando as partículas - e todos os Wells - para Barry, que entra em coma por sobrecarregado pela tensão. A única coisa que mantém Barry vivo é sua cura rápida e quando acabar, ele morrerá.

Mais uma crise

É uma situação horrível para Nash. De um lado, ele já se sente um vilão e fracassado por seu papel no crossover da Crise. Do outro, ele não está pronto para morrer, pois ainda não teve a chance de se redimir. O Wells da Terra-2, Harry, emerge através de Barry e têm uma conversa franca com Nash: embora possa parecer que ele, o RH e Sherloque Wells são "grandes" homens, fazer parte do Team Flash era o que os tornava mais do que homens inúteis.

O Team Flash consegue transferir as partículas do multiverso - e os Wells - de volta para Nash, mas um jato cheio de tecnologia Black Hole e uma bomba a bordo ameaça Central City. Com o tempo se esgotando, Nash decide se sacrificar, percebendo que essa é a sua redenção.

Enquanto ele transfere as partículas para a fonte de energia da Força de Aceleração, cada um dos Wells se despede, pois eles também irão morrer. Harry volta para se despedir de Barry e, quando a Força de Velocidade ganha vida, manda o herói correr.


A despedida

A transferência é um sucesso. Barry recupera sua velocidade graças à nova Força de Aceleração, e salva Central City, mas Nash e todos os Wells morrem no processo. Este é o aparente fim não só da história de Nash, mas de todas as versões de Harrison Wells que The Flash apresentou em sete temporadas.

É uma perda dolorosa para os heróis, mas que dá energia - literalmente - para salvar as pessoas que eles amam do Mirrorverse, e deter Eva de uma vez por todas. A morte dos Wells também abre caminho para Cavanagh para interpretar outros personagens - incluindo o vilão favorito dos fãs. Ele mesmo: Eobard Thawne/Flash Reverso.

The Flash é transmitido nos EUA toda terça-feira no CW

Via CB