A Riot Games anunciou nesta terça-feira (9) que o beta aberto de Wild Rift para as Américas chegará no dia 29 de março. Segundo o suporte oficial, a demora aconteceu porque os servidores da região usam "uma infraestrutura completamente diferente do resto do mundo". Com isso, os jogadores das Américas poderão jogar entre si livremente, mas não poderão jogar com players de outras regiões - nem quando estiverem viajando.

Quanto aos jogadores das Américas que jogaram nos servidores da Europa ou Ásia por meio de VPN, com o lançamento do beta, estes terão de fazer login novamente. O jogo dará instruções para fazer a migração de conta, que será irreversível. Ela também irá começar do nível 1, sem nenhum conteúdo. Os Wild Cores serão restaurados, entretanto.

Caso o jogador decida não fazer a migração, não poderá fazer login enquanto a sua conta Riot for diferente do local do endereço de IP.

Ainda sobre  a chegada tardia do servidor das Américas, a Riot promete que "irá diminuir a diferença em relação ao resto do mundo." O texto diz que os jogadores poderão acumular "um montão de Ciscos Azuis, XP, campeões e até conteúdo exclusivo de eventos passados." Jogadores do League of Legends (LoL) de PC também vão entrar na festa, ganhando recompensas no Wild Rift por meio do evento Todos os Rifts.