A nova versão do BlueStacks está entre nós e testamos as mudanças realizadas para o BlueStacks 5 que visam tornar a plataforma ainda mais rápida e exigindo menos do PC enquanto jogamos, visto que, o principal uso desse emulador de Android são os jogos. Será que melhorou em relação ao BlueStacks 4? Vamos aos detalhes do que testamos.


O que é o BlueStacks?

Se você ainda não conhecia o BlueStacks é uma plataforma que funciona como emulador de Android e é bastante popular entre os jogadores de mobilem, especialmente para quem realiza lives ou joga gacha RPGs que exigem um pouco de tempo que o tradicional do gênero, battle royales, e outros jogos que não são tão dependentes de movimentos de slide.

A popularidade do BlueStacks é tanta que em algumas competições a plataforma é utilizada como a principal e podemos ver esse destaque especialmente nos diversos de Free Fire na categoria emulador. Vale a pena passar alguns jogos de celular para teclado e mouse? Sim, especialmente jogos de tiro.

Os testes

Para ver as diferenças da nova versão foram utilizados jogos que vocês já estão acostumados a ver em nossas lives como Saint Seiya Awakening e Free Fire. Junto deles Lords Mobile se juntou ao testes para os games, e, se você tem a curiosidade dos outros app mais comuns, temos um novato na arena ao final.

Saint Seiya Awakening

O game com mais tempo de tela atualmente no meu celular ou no BlueStacks é o Saint Seiya Awakening. Como alguém que já ficou um bom tempo jogando no BlueStacks 4, BlueStcacks 5 Beta e agora na versão final, algumas diferenças são sentidas.

No BS4 o game já fluía bem nas fases principais do game como o farm de xp nas Ruínas, farm de Cosmos no Altar, o farm de Material de Oitavo Sentido no Espaço Astral, e principalmente, nos Duelos Galácticos (o PVP do game).  Todos os modos funcionam de uma forma muito boa.

No BS5 Beta o game teve o mesmo desempenho e um pouco mais suavizado, mostrando o que as novas funcionalidades para melhorar o desempenho dos jogos e exigir menos do PC, enquanto em uso, estavam presentes. Contudo, a versão beta apresentou o problema de "crashar" o game fazendo você voltar para a home.

Na versão final esse problema com o game parece ter sido sanado, e de modo geral, o jogo aparenta até estar mais rápido do que estava no BS4.

Free Fire

Um dos games mais populares do mobile aparece forte para rodar no BlueStacks. No BS4 o Free Fire demonstrava um desempenho "ok" no qual não comprometia a experiência de jogo e também não exigia diminuir as qualidades gráficas do game.

No Beta do 5 não foram sentidas diferenças muito nítidas, contudo, ao jogar na versão final, o game apresenta um desempenho muito melhor e dando uma sensação de deixar o game mais rápido em todas as partes do game, dos menus ao salto do avião para começar sua sobrevivência.

Um jeito de sentir como a diferença é boa são as partidas do modo "Contra Squad". Veja como uma Desert Eagle canta com alegria sua serenata de "qué ota" na hora de mandar os capa.

Lords Mobile

Como um contraponto o Lords Mobile é um game em que ficamos mais gerindo o tempo em que as missões são realizada, e as vezes, alternamos com os momentos de avançar em duelos. A experiência aqui demonstra como o emulador de comporta se entrar no modo de espera do Android enquanto os jogos ficam muito tempo sem ação. Travou?

Mesmo com algumas missões indo para a casa dos 30 minutos ou acima, ao retornar para o jogo, a resposta foi rápida, levando no máximo em torno de dois segundos. Caso utilize o modo desempenho e tenha por algum motivo, voltado para a home enquanto joga, ao retornar para o game é como se nada tivesse acontecido e você tivesse jogando sem sair acidentalmente.

App comuns

Como o BlueStacks é um emulador de Android você literalmente pode baixar qualquer aplicativo que utiliza no telefone, logo, ao ver como Chrome e Youtube se saem, é algo diferente. Ambos funcionam perfeitamente e com uma boa velocidade, contudo, temos um porém.

Esses são aplicativos que como citado no inicio, são melhores de serem utilizados no celular pois a experiência de touch, junto com sua versão "adaptada", é um momento estranho e acaba sendo melhor utilizá-los no celular.

A tela estará expandida e dependendo da sua resolução, quanto maior, mais você estranhará utilizar esses apps no emulador. Se você não se incomoda com o visual mais "esticado", o uso será uma opção considerável para quem tem celular com bateria mais modesta.

Resumindo

Se você já está acostumado a utilizar as versões anteriores do emulador, sentirá uma melhoria no desempenho ao migrar para o BlueStacks 5, especialmente nos games que você tenha o costume de passar muito tempo. Em 'jogos do trono' manter a jogatina no celular ainda é uma opção melhor por ser uma jogatina mais rápida.

O uso de várias instâncias também parece ter recebido uma melhoria e jogar dois a três games simultaneamente, tem mantido a fluidez de cada um. Sua máquina pode influenciar bastante nisso e dependendo da sua placa de vídeo poderá usar mais opções visuais.

Para quem já utiliza o BlueStacks migrar para a nova versão pode melhorar sua experiência, e para quem nunca usou, pode encontrar um novo mundo mobile em seu PC.


Configuração do PC que foi testado: Processador: AMD Ryzen 5 3400G; GPU: AMD Radeon(TM) RX Vega 11 Graphics (2GB); RAM: 16 GB.