A Valve anunciou que atualizou as diretrizes para seus eventos em relação à elegibilidade de jogadores que receberam VAC Ban no CS:GO. Em outras palavras e sendo direto e reto para o brasileirinho: VSM está livre!

Seguindo em frente, os jogadores que foram banidos por VAC terão permissão para competir em eventos patrocinados pela Valve se pelo menos cinco anos se passaram desde que o ban entrou em vigor. No entanto, os jogadores que receberam VAC Ban após participarem de um evento patrocinado pela Valve, incluindo os qualificadores, permanecerão inelegíveis.

"Até hoje, os jogadores eram inelegíveis para participar de eventos patrocinados pela Valve se eles já tivessem recebido um VAC ban no CS:GO", disse a Valve. "Essas diretrizes não foram atualizadas desde que o jogo era novo e todos os VAC Bans de CS:GO eram relativamente recentes. Mas os VAC Bans agora podem ter mais de 8 anos. Portanto, decidimos atualizá-los."

A notícia vem como um grande impulso para os jogadores que têm VAC Bans desde os primeiros dias de CS:GO e viram suas carreiras prejudicadas pelo que até agora era um ban vitalício dos eventos da Valve. O exemplo mais notório é Vinicius "⁠vsm⁠" Moreira, cujo VAC Ban é de 2013, quando ele tinha apenas 13 anos. Elias "⁠Jamppi⁠" Olkkonen recentemente deixou a ENCE e decidiu seguir carreira no VALORANT depois de fracassar em suas tentativas de reverter seu ban, que também lhe custou uma transferência para OG em 2019.


Por enquanto não existem planos para rever os bans que envolveram manipulação de resultados e outros.

via HLTV