Subarashiki Kono Sekai The Animation, ou The World Ends With You The Animation, estreou no dia 10 de abril, adaptando o famoso RPG da Square Enix. Na trama nós seguimos Neku Sakuraba, um garoto que acorda no distrito japonês de Shibuya. Neku descobre, entretanto, que está envolvido em algo sinistro: o Jogo Shinigami (Reapers Game). Com três episódios já exibidos, chegou a hora do nosso VAR: vale apena assistir o anime de The World Ends With You?


O trailer

Assim você não perde nada:



O que é legal

Quando anunciaram o anime, o que logo me chamou a atenção foi o traço vivo e colorido, diferente do que a gente costuma ver. My Hero Academia seria um equivalente próximo, mas ainda assim nem tanto. É legal, pois ele lembra Kingdom Hearts, o que é um baita contexto - afinal, as duas franquias são de Square Enix. E nesse quesito os primeiros episódios não desapontaram.

Eu não joguei o game, mas pesquisando em fóruns, vi várias pessoas falando que a trilha sonora é muito boa. A trilha sonora do anime parece seguir os mesmos passos, pois tem qualidade, e um mix empolgante entre rock e metal, hip hop e eletrônica. E como eu adoro uma boa música de anime, não tem como não destacar essa parte.


O que podia ser melhor

Mesmo se você não jogou o game, dá pra sentir que o anime é rápido demais. TWEWY tem pouco worldbuilding, ou seja, explicação de porque o universo do anime é do jeito que é. Não precisa dizer tudo: basta o básico para prender a minha atenção, e revelar o restante nos próximos episódios. Dr. Stone - Stone Wars deu aula nesse quesito. 

Como existe pouco worldbuilding, o desenvolvimento de personagens é raso. Esses dois problemas se unem a um terceiro: não existe senso de urgência. Você entende que existe um risco, um perigo, e ainda assim é mais ou menos. Os primeiros episódios não fazem você realmente temer pela vida dos personagens, pois os problemas se resolvem rápido demais. 


O que mostra potencial

Tenho minhas dúvidas se realmente isso pode salvar o anime, mas a primeira impressão que eu tenho é essa.

Mesmo sendo mal apresentados, os personagens são até carismáticos. A única exceção obviamente é o Neku. Ele ser "arisco" pela condição que o anime apresenta, seria uma coisa. O que o anime oferece, entretanto, é um garoto que parece quase um aborrecente. O restante do elenco até faz você se interessar por conhecer as histórias deles, e uma e outra cena até são bem legais. A best girl que com certeza você vai gostar (a Shiki), bom... Não se apegue demais.


E aí?

The World Ends With You The Animation sofre dos mesmos problemas de Tower of God: tem uma boa premissa, nome famoso e hype. Mas acaba funcionando melhor com quem já tem conhecimento prévio da obra original, e isso é um problema. O anime é uma coleção de boas ideias muito corridas, mal apresentam um plot e já pulam para o outro. E não que isso diga qualquer coisa, mas a nota atual dele no site My Anime List é 6.25. 

Vai ser uma boa para quem nunca jogou o anime? Comigo não funcionou. Até bateu a vontade leve de continuar assistindo por causa de uma cena no episódio 3, mas ainda assim... Eu tô bem ehhh se vou mesmo. Vai ser uma boa para quem já jogou o game? Acredito que sim, pois vai prender a atenção na hora de comparar o que adaptaram literalmente, e o que foi alterado.