Depois de trazer quase todo tipo de tema para o Play, é difícil não repetir alguns artistas. A regra de não repetir músicas segue, por enquanto, firme e forte. É um desafio mensal que eu gosto muito, e hoje ele mais uma vez chega ao fim. Abril foi bacana: a gente conheceu um pouco mais de músicas bem famosas, mas sque são covers de originais igualmente boas.

Clicando no link acima você pode ouvir a playlist do Solta o Play* com todas as músicas que rolaram em 2021, atualizada sempre na última segunda-feira de cada mês. Ah: hoje a gente vai ao som de Over the Hills and Far Away na voz da Tarja.

(*Dos Plays de abril, Runing Up That Hill é a única que não está no Spotify)

O cover

A versão de Over the Hills and Far Away do Nightwish foi lançada em 2001 como parte do EP de mesmo nome, o primeiro e único da banda, e ganhou quatro edições diferentes. Este também foi o último registro com o baixista Sam Vänskä, cuja vaga foi ocupada pelo agora também ex-baixista Marco Hietala. Com a Tarja, a música apareceu no Act I: Live in Rosario, primeiro álbum ao vivo/DVD lançado pela cantora em 2012

A original

Por sua vez, a Over the Hills and Far Away original é bem antiga. Ela pertence ao irlandês Gary Moore, que a lançou em 1986 como parte do álbum Wild Frontier. A música chegou ao 20º lugar das paradas no Reino Unido, mas o sucesso maior foi na Escandinávia, ficando no topo das paradas na Finlândia e Noruega. Moore, que fez parte do Skid Row e Thin Lizzy, faleceu em 2011. O seu legado, entretanto, continua vivo através do seu maior sucesso.

E o nosso Play?

Mesmo Over the Hills and Far Away não sendo do Nightwish, a música se tornou um dos maiores sucessos da banda. A Tarja trouxe esse legado para carreira solo, com a música sempre aparecendo nos shows, afinal de conta ela é a voz do "cover original".

Essa é uma das interpretações mais interessantes da finlandesa. Talvez seja pelo "ar irlandês" da original que foi mantido, e somado à voz elegante dela acabou combinando muito bem. É difícil explicar, só você ouvindo e abrindo o coração para deusa. Direto de Woodstock:


Letra

They came for him one winter's night
Arrested, he was bound
They said there'd been a robbery,
His pistol had been found

They marched to the station house,
He waited for the dawn
And as they led him to the dock,
He knew that he'd been wronged
"you stand accused of robbery,"
He heard the bailiff say
He knew without an alibi,
Tomorrow's light would mourn his freedom

Over the hills and far away,
For ten long years he'll count the days
Over the mountains and blue seas,
A prisoner's life for him there'll be

He knew that it would cost him dear,
But yet he dare not say
Where he'd been that fateful night,
A secret it must stay
He had to fight back tears of rage
His heart beat like a drum
For with the wife of his best friend,
He spent his final night of freedom

Over the hills and far away,
He swears he will return one day
Far from the mountains and blue seas,
Back in her arms he swear he'll be
Over the hills and far away

Over the hills and,
Over the hills and,
Over the hills and far away

Each night within his prison cell,
He looks out through the bars
He reads the letters that she wrote
One day he'll know the taste of freedom

Over the hills and far away,
She prays he will return one day
As sure as the rivers reach the seas,
Back in his arms she swears she'll be

Over the hills and far away,
He swears he will return one day
Far from the mountains and blue seas
Back in her arms is where he'll be

Over the hills and far away,
She prays he will return one day
As sure as the rivers reach the seas,
Back in his arms is where she'll be

Over the hills Over the Hills
Over the hills and far away

Over the hills Over the Hills
Over the hills and far away