Durante esse momento desafiador que todos nós estamos vivenciando com a pandemia de COVID-19, a tecnologia se tornou ainda mais fundamental para dar continuidade ao trabalho, ao estudo remoto e a reinvenção dos negócios. Desde o último ano, os usuários precisaram se adaptar e se tornar ainda mais digitais.

Pensando em ampliar o suporte para os consumidores e contribuir para o aumento da produtividade nesse momento em que todos nós estamos cada vez mais conectados, a partir de 1° de maio, a Microsoft oferecerá três meses a mais de assinatura do Microsoft 365 para aqueles que adquirirem um computador ou notebook em lojas físicas e on-line de todo o país e assinarem o pacote de 12 meses do serviço no ato da compra. Ao todo, o usuário terá 15 meses de acesso e, só depois desse período, precisará renovar a assinatura.

Com o Microsoft 365 é possível utilizar aplicativos como Word, Excel, PowerPoint, OneNote e Outlook de qualquer dispositivo com Windows, macOS, iOS e Android, armazenar arquivos em nuvem, ter segurança avançada para e-mail e arquivos, e suporte técnico contínuo.

“O modelo de assinatura tem crescido no mercado e beneficiado empresas e consumidores por ter pacotes e custo adequados ao bolso e necessidades de cada usuário. De acordo com pesquisa da Zuora/The Harris Poll feita com mais de 13 mil pessoas em 12 países, em 2021, já são 78% dos consumidores globais com pelo menos um serviço por assinatura."

"Em 2018, data da última pesquisa, eram 71%”, afirma Adriano Galvão, VP de vendas e marketing da Microsoft Brasil. “Durante a pandemia, o Microsoft 365 permitiu que as pessoas se aproximassem mesmo com o distanciamento social e isso contribuiu para a continuidade da produtividade em casa e em qualquer lugar”, completa.

O Microsoft 365 está disponível para um usuário no pacote M365 Personal ou para duas até seis pessoas no M365 Family. Para mais informações, acesse o site.