Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) recebeu atualização na noite de segunda-feira (3), e o destaque é a remoção da Train da lista de mapas ativos no competitivo. Mapa icônico no cenário e querido pelos brasileiros, a Train será substituída pelo Ancient, um mapa recente que agora será parte dos torneios do FPS. Não conhece o mapa? A gente te apresenta ele.

Layout do mapa mostando os bomb sites, e os spawns dos terroristas (cinza) e CTs (azul)

Ancient foi lançado junto com a Operação Broken Fang, que começou em dezembro de 2020 e terminou no dia 3 de março deste ano. Sucessora da Operação Shattered Web, a atualização trouxe seis novos mapas, quatro deles para o modo bomb defusal - incluindo Ancient. As facções presentes no mapa são a Elite Crew, primeiro grupo terrorista lançado do CS:GO, e a GIGN, força antiterrorista da França.

E ele pode ser inédito na franquia Counter-Strike, mas o seu visual é muito similar ao Aztec, icônico mapa que é situado em um sítio arqueológico da América Central. Ancient, que em português quer dizer Antigo, tem muita verde e ruínas, visual que ao mesmo tempo também lembra a Cobblestone.

Não dá para negar que é um mapa até bonito

Diferente dos outros mapas, Ancient tem um layout que consiste em muitos corredores de curvas e por consequência, em muitos ângulos diferentes para olhar. Sua área intermediária é muito grande e ampla, com muitos cantos para se esconder.

Os terroristas têm duas entradas e ângulos de onde podem rushar, embora a entrada no bomb B leve um tempo consideravelmente mais longo para alcançar. Sem falar que "dar aquela bisolhinha" vai expor o jogado ao ângulo do beco para o bomb A, que os CTs podem alcançar mais rápido.

Um dos vários lugares do mapa para se esconder

Quando Ancient estreia no competitivo? Os eventos Regional Major Ranking (RMR) programados para as próximas semanas na América do Norte, Europa e Comunidade dos Estados Independentes, usarão a lista de mapas atual. Com a conclusão destes eventos, aí sim a mudança começa a valer.