Considerando o quão massiva a franquia Star Wars se tornou desde o filme original lançado em 1977, a quantidade de games oficiais de Star Wars por aí não deveria ser surpresa. Do Atari 2600 ao Xbox One e PlayStation 4, a série certamente teve suas bases cobertas no que diz respeito ao entretenimento interativo.

Além dos jogos padrão que uma boa parte dos filmes receberam, as opções de ver a saga indo além também foi o lar de novas aventuras baseadas em narrativas ambientadas no universo de Star Wars, sem mencionar jogos de tiro competitivos, jogos de corrida, simuladores de vôo e MMORPGs.

Nesse Star War Day, o famoso 4 de maio que em inglês "May the Fourth" em alusão o "Que a Força esteja com você". Vamos aos crossovers de Star Wars em outros games.

Fortnite


Um dos jogados battle royale do momento, Fortnite da Epic Games, apresentou uma enorme quantidade de conteúdo crossover desde o seu lançamento. Numerosos ícones da cultura pop apareceram no jogo, com as várias skins disponibilizadas permitindo efetivamente que os jogos jogassem como eles. Numerosos rostos familiares de ambos os universos Marvel e DC foram envolvidos, para não mencionar nomes como Kratos de God of War e John Wick.

Star Wars estava destinado a entrar em ação mais cedo ou mais tarde, com os exemplos mais proeminentes sendo os eventos no jogo que comemoram o lançamento do game Star Wars Jedi: Fallen Order de 2019, bem como o filme de 2019, Star Wars: A ascenção Skywalker. Com essas atualizações, os jogadores agora podem assumir o controle como Rey, Finn, Kylo Ren, Zorii Bliss, assim como um Stormtrooper Imperial ou Sith Trooper.

No Passe de Temporada do Capítulo 2 Temporada 6 tivemos como skin do passe Din Djarin - o principal protagonista da série de televisão Star Wars do Disney +, The Mandalorian - que se juntou a seu parceiro no crime, Grogu (também conhecido como Baby Yoda).

SoulCalibur


A popular série de jogos de luta da Bandai Namco, Soulcalibur, é conhecida por adicionar lutadores convidados no game ao longo dos anos. Por exemplo, a versão GameCube de Soulcalibur II apresentava Link de The Legend of Zelda, com a versão Xbox apresentando Spawn de Todd McFarlane.

Além disso, Soulcalibur: Broken Destiny apresentou Kratos de God of War; Soulcalibur V apresentou Ezio Auditore de Assassin's Creed; e, mais recentemente, Soulcalibur VI apresentou Geralt de The Witcher, 2B de Nier: Automata e Haohmaru de Samurai Shodown.

Como Soulcalibur VI de 2018, o Soulcalibur IV de 2008 não possui um, mas três personagens convidados - todos eles pertencem à franquia Star Wars. Você pode jogar como Darth Vader e Yoda, bem como Galen "Starkiller" Marek, o principal protagonista do game Star Wars: The Force Unleashed (a quem o jogo de luta chama de "O Aprendiz"). Notavelmente, Soulcalibur IV foi lançado em julho de 2008, dois meses antes do lançamento inicial de The Force Unleashed em setembro.

Originalmente, Darth Vader estava disponível exclusivamente na versão PlayStation 3 de Soulcalibur IV , enquanto Yoda estava disponível exclusivamente na versão Xbox 360. No entanto, a Bandai Namco eventualmente disponibilizou cada personagem como um DLC gratuito para a plataforma oposta. Enquanto isso, Starkiller estava disponível como um personagem desbloqueável em ambas as versões desde o início.

LEGO Indiana Jones handshake LEGO Han Solo


Outro jogo lançado em 2008, mais especificamente em junho, foi LEGO Indiana Jones: The Original Adventures - um sucessor espiritual da série de jogos LEGO Star Wars. Com os dois jogos sendo desenvolvidos pela Traveller's Tales e publicados pela LucasArts, esta foi naturalmente a oportunidade perfeita para um crossover promocional.

O personagem Indiana Jones já havia sido apresentado como um personagem desbloqueável em Lego Star Wars: The Complete Saga de 2007. Por sua vez, Han Solo foi apresentado como um personagem desbloqueável em Lego Indiana Jones - uma escolha adequada, visto que os dois personagens foram originalmente interpretados na telona por Harrison Ford. Han foi desbloqueado localizando os cinco personagens adicionais não jogáveis ​​de Star Wars escondidos pelas fases do jogo: C3PO, Luke Skywalker, Leia Organa, R2-D2 e Chewbacca.

Além disso, Han Solo era um personagem desbloqueável nas versões para PlayStation 2 e Wii do game Indiana Jones and the Staff of Kings da LucasArts de 2009, e tanto Han quanto Indy também estiveram disponíveis como personagens desbloqueáveis ​​no lançamento de 2005 da LucasArts, Mercenaries: Playground of Destruction.

Star Wars ala Charlie Brown Jr


Os games originais da série Tony Hawk da Neversoft eram conhecidos por uma série de coisas: sua jogabilidade suave, suas trilhas sonoras centradas no punk e, é claro, sua lista considerável de skatistas secretos.

Além de skatistas profissionais da vida real como Bob Burnquist, Rodney Mullen, Elissa Steamer, Chad Muska, Bam Margera e o próprio Birdman, os primeiros jogos de Tony Hawk apresentavam uma grande variedade de personagens bônus desbloqueáveis ​​- muitos dos quais eram de outras áreas da cultura pop, do Homem-Aranha em Tony Hawk's Pro Skater 2 à Shrek em Tony Hawk's Underground 2. Além disso, dois proeminentes vilões do prequell de Star Wars também entraram na diversão.


O primeiro personagem de Star Wars a se juntar à série foi ninguém menos que Darth Maul, que era um skatista desbloqueável em Tony Hawk's Pro Skater 3 de 2001. Essa escolha certamente fez muito sentido, já que "Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma" acabara de ser lançado nos cinemas dois anos antes, e por mais polêmico que fosse entre os fãs, Maul foi facilmente uma das estrelas emergentes do filme.

Pouco tempo depois, o elenco de skatistas secretos de Tony Hawk Pro Skater 4 apresentava Jango Fett, o caçador de recompensas e pai do infame Boba Fett. O jogo foi lançado em outubro de 2002, apenas cinco meses após o lançamento nos cinemas de "Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones" - a única aparição live-action de Jango.

adaptado CBR