A estrela da Twitch, Natalia 'Alinity' Mogollon, está pedindo para que a plataforma faça algo sobre os infratores reincidentes na roxinha em meio ao sexto banimento de outra streamer no site, Indiefoxx.

Em 29 de junho, Indiefoxx foi suspenso no site pela segunda vez no mês e pela sexta vez no geral em 2021 e as especulações corriam soltas sobre o que ela fez, especialmente após a novela do ASMR que resultou em seu quinto banimento.

Até agora, Indiefoxx não comentou sobre o ban, mas ela postou no Instagram e em outras redes sociais desde então, aparentemente sugerindo que ela não queria falar sobre isso ainda.

Como tal, não está claro o que ela fez para ganhar seu sexto banimento e por quanto tempo isso durará, mas isso não impediu que streamers como Alinity apelassem à Twitch para tratar a todos de forma justa.

"Então, Twitch vai fazer algo sobre os infratores reincidentes?" perguntou a colombiana-canadense. “Ou é um jogo justo para todos começarem a testar os limites do TOS o máximo possível?”

Todas as cinco proibições anteriores da Indiefoxx duraram três dias ou menos e ela ainda tem seu status de parceira no momento em que este livro foi escrito, o que implica que ela não foi permanentemente banida do site de propriedade da Amazon.

“Já fui beneficiada por essa linha borrada antes. Então eu pensei que estava bagunçado e ainda acho. Precisamos de consistência e tratamento igual. Qual é o objetivo do TOS então?” ela complementou.

Alinity, a mesma que foi acusada de favoritismo pela Twitch no passado, contestou as afirmações de que “todo mundo ficaria fodido” se a Twitch fosse consistente com a forma como ela aplica os bans.

“Esse não é o ponto p***a”, disse ela em resposta a outro streamer que sentiu que se beneficiou da abordagem laissez-faire da Twitch para seu conteúdo. “Apesar de me beneficiar ou não, quero um tratamento justo para todos.”


Esta não é a primeira vez que Alinity pede punições mais severas para quem quebra as regras com frequência. Depois que Indiefoxx e Amouranth foram banidas no início de junho, Mogollon enfatizou que o conteúdo sexual não iria parar até que banimentos maiores fossem implementadas.

Ainda resta saber quanto tempo essa nova suspensão da Indiefoxx vai durar, mas com a streamer permanecendo quieta e a Twitch se recusando a comentar sobre proibições individuais, é possível que ela tenha realizado seu desejo sem saber.

via Dexerto