Isso não é um treinamento: a Microsoft anunciou nesta quinta-feira (24) o Windows 11. Antes chamado de Windows Sun Valley, o sistema operacional terá novos recursos e grandes mudanças no design. Descrito como "espaço calmo e criativo onde você pode perseguir suas paixões por meio de uma experiência nova", o Windows 11 promete mais produtividade, e ser um sistema ideal para jogos. A seguir, nós listamos X coisas sobre o anúncio que você precisa saber.


1) Novo menu iniciar

Ele foi tão falado, e realmente vem aí. Confira:


2) Data de lançamento

No momento não existe data de lançamento oficial para o Windows 11. O site da Microsoft destaca, entretanto, que o sistema chegará "ainda este ano".

3) Grátis para Windows 10

A exemplo da atualização grátis oferecida quando o Windows 10 foi lançado, o mesmo será feito com o Windows 11... Desde que a sua cópia do Windows 10 não seja pirata, claro.

4) E os outros Windows?

Não existe, oficialmente, uma palavra sobre se usuários do Windows 7 e 8.1 receberão a atualização do Windows 11, e como será o processo. Resta aguardar o veredito da Microsoft.

5) Requisitos mínimos do sistema

Processador: 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido com 2 ou mais núcleos em um processador de 64 bits compatível ou System on a Chip (SoC)
Memória: 4 GB de RAM
Armazenamento: Dispositivo com armazenamento de 64 GB ou mais
Placa gráfica: Gráficos compatíveis com DirectX 12/WDDM 2.x
Tela: > 9" com Resolução HD (720p)
Conexão com a Internet: Conta da Microsoft e conectividade com a Internet necessárias para a configuração do Windows 11 Home

6) Minha máquina é compatível?

O notebook da Pessoa que Vos Fala passou no teste. Será que vem aí?

Siga o link do anúncio oficial, e baixe o PC Health Check no final da página. Ao abrir o programa, você verá um banner para clicar e checar se a sua máquina atende aos requisitos para o Windows 11. 

7) Beta

Na próxima semana o Insider Program receberá a uma build antecipada do sistema. Ela ainda não terá todos os recursos.

8) Compatibilidade com Android!


A novidade mais esperada agora é oficial. O Windows 11 terá suporte nativo à aplicativos de Android por meio da Microsoft Store e da Amazon Store. É algo que irá mudar radicalmente a vida de streamers e atletas de esports que atualmente utilizam emuladores de Android.

9) Novo Gerenciador de Tarefas

O Gerenciador de tarefas vai ganhar novo design e controles para desktops virtuais. Presente no Windows 10, o recurso permite criar desktops virtuais para cada uso, como trabalho, jogos, filmes e séries, por exemplo. O novo Gerenciador de Tarefas permitirá ver todas as janelas abertas, incluindo as minimizadas ou maximizadas.

10) "Modo eco"

O Windows 11 terá um recurso para dar aos usuários o controle sobre processos que consomem muitos recursos: o "modo eco". No Gerenciador de Tarefas, bastará selecionar o aplicativo com o botão direito e ativar o modo. Com isso, o Windows 11 irá rodar o processo de forma mais eficiente, podendo resultar numa interface mais responsiva ou processador menos ocupado.

11) Snap Layouts


O Windows 11 permitirá escolher um layout para que executar vários aplicativos ao mesmo tempo. Por exemplo, você pode ter dois aplicativos lado a lado ou três em colunas ou quatro em uma grade, num total de seis opções.