O diretor de Mobile Suit Gundam Seed, Mitsuo Fukuda, confirmou na segunda-feira que o próximo filme do projeto Gundam Seed é uma sequência do segundo anime de Gundam Seed, Mobile Suit Gundam Seed Destiny. Ele acrescentou que sua falecida esposa, Chiaki Morosawa, roteirista principal de Gundam Seed, concebeu a história. 

Ele notou que ela inicialmente não estava satisfeita com a história e por isso a revisou inúmeras vezes, mesmo depois de adoecer. Eventualmente, ela tinha mais de 100 rascunhos, mas Fukuda confirmou que o script está completo com a ajuda de novos colaboradores, incluindo ele mesmo.

O primeiro anime para televisão, Mobile Suit Gundam Seed, foi ao ar de 2002 a 2003, seguido por Mobile Suit Gundam Seed Destiny de 2004 a 2005. O projeto de anime em três partes Mobile Suit Gundam Seed CE73: Stargazer veio em 2006. Sony Music Anime Festival '06 anunciou o projeto de filme planejado em maio de 2006.

Morosawa, a principal roteirista das duas séries Gundam Seed, faleceu aos 56 anos em 2016. Ela havia colaborado com seu marido, que dirigiu as duas séries de televisão Gundam Seed, no projeto de filme Gundam Seed. Morosawa explicou em 2008 que a trama para o projeto estava concluída, mas que ela estava doente desde o final da sequência do Mobile Suit Gundam Seed Destiny em 2005.

O Grupo Bandai Namco anunciou que o Mobile Suit Gundam Seed Project iniciou a iniciativa durante a cerimônia de abertura da estátua em tamanho real da Freedom Gundam em Xangai na sexta-feira (a estátua apresenta um novo vídeo de anime especial feito por Fukuda). 

A iniciativa comemora o 20º aniversário do anime original Mobile Suit Gundam Seed no próximo ano e terá várias partes. A iniciativa também inclui um novo jogo Mobile Suit Gundam Seed e o mangá da história paralela com Mobile Suit Gundam Seed Eclipse.

via ANN