“Hobin Rude – Memórias de um sidekick”, HQ de Hugo Maximo, será publicada pela Editora Kalima via Catarse. Hugo Maximo traz um estilo de arte/ilustração pouco utilizado no Brasil. Uma arte digital em 3D e 2D, demonstrando um visual bonito e diversificado de outros materiais.

Já a Editora Kalima chegou ao mercado recentemente, mas tem mostrado um bom trabalho. Essa será a sua primeira obra produzida pelo Catarse. O foco da editora é livros e quadrinhos de autores brasileiros do cenário independente.

A campanha vai ao ar no dia 10/06 e terá um “pacotão” promocional válido para as primeiras 24 horas da campanha. Então, não deixe para depois e adquira a versão física o quanto antes.

Para adquirir a HQ “Hobin Rude – Memórias de um sidekick” no Catarse, CLIQUE AQUI;

Para conhecer mais sobre a Editora Kalima, acesse o Instagram deles: CLIQUE AQUI;

Por fim, para conhecer mais sobre Hugo Maximo, acesse o Instagram do autor: CLIQUE AQUI.


Gênero “paródia dramática”

Quando se escuta ou se lê a palavra “paródia”, logo se pensa naqueles filmes de comédia que satirizam outras obras. Mas não é este caso. A paródia dramática busca utilizar características de personagens icônicos da literatura, cinema ou histórias em quadrinhos, para apresentá-las em diferentes cenários, gêneros, épocas e contextos.

Em outras palavras, não tem nada de humor nesse gênero.


Sinopse de “Hobin Rude – Memórias de um Sidekick”

A pressão de carregar o manto de sidekick, entre a lenda viva do herói dos heróis e o vilão dos vilões, levada ao extremo!


Sobre a obra “Hobin Rude – Memórias de um Sidekick”

“A ideia do parceiro mirim vem cumprir o papel de identificação do público infanto-juvenil com as histórias sombrias (vindas das pulp fictions) das primeiras HQs do Batman. Não sei dizer o porquê, mas há algo de mágico nisso. Porque agora o herói tem com quem conversar! Ele não está mais se aventurando sozinho. Agora ele não reflete em balões de pensamento. 

Agora ele conversa com VOCÊ. O leitor, o sidekick. O parceiro mirim que ouve atentamente o herói, aprende com ele. Tudo lúdico e mágico. Mas a magia muda de lado tão rapidamente quanto o vento. Porque, na verdade, uma criança agora joga o jogo dos adultos. O jogo entre um obcecado vigilante e um horripilante psicopata.” Hugo Maximo.


Biografia de Hugo Maximo:

Filho de professora, Hugo Maximo é professor, escritor, músico e quadrinista. Sempre foi apaixonado por literatura e quadrinhos de super-heróis. Começou a produzir quadrinhos e fanzines desde cedo (década de 80). Depois parou, começou de novo, parou mais uma vez e recomeçou. Continua produzindo música, livros e quadrinhos.