Plays anteriores:



Junho vai terminando, e levando com ele mais um Play. Eu adoro todos os meses, mas esse foi um dos meus favoritos porque finalmente a gente ouviu um pouco de Taylor Swift. Pra finalizar, temos um Play histórico! Eu dei mancada no planejamento, e acabei escolhendo uma música que apareceu em 2020. Então sim: esse é um momento raro (se não o primeiro) onde vamos ter música repetida. Mas como exile é fantástica, dá pra gente passar esse paninho.

folklore: um put* álbum

Foi o que eu disse em 2020 e insisto. Se você ainda não ouviu folklore, tá perdendo um álbum incrível. É literalmente mágico, como sentar com vários personagens e ouvir as histórias deles, andar por cenários e etc. No primeiro momento não caiu a ficha, mas agora que o evermore existe, eu vim pensando no quão incrível é essa "Terra paralela" que a Taylor Swift criou, se escondeu e levou a galera junto.

O anúncio dos dois álbuns foi a melhor parte, e eles puxarem um pouco pro folk, ainda com pezinho no pop, e mostrando o lado mais maduro da cantora foi realmente bem feito. 10/10.

Por que fechar junho com exile?

Uma pergunta interessante, com uma resposta curiosa. O "mês dos namorados" é sempre sobre amorzinhos e felicidades, mas a gente sabe que nem sempre é assim. Às vezes as coisas não funcionam, e isso é normal. O medo da solidão existe, mas a tortura de uma convivência forçada e tóxica precisa ser levado em conta. As pessoas precisam parar de desligar o cérebro e usar "o amor" como desculpa pra coisa maluca.

E o nosso Play? 

Por isso eu pensei exatamente em exile: a música fala sobre o fim de uma relação, pela perspectiva do homem e da mulher. É uma música delicada, emocionante e atmosférica. A primeira vista ela parece simples, mas se você ouvir com atenção, vai reparar detalhes que enriquecem demais a música, como sons de pássaros. É o tipo de som que faz até solteiro chorar. A colaboração com Justin Vernon, líder da banda de folk indie Bon Iver, deixou ainda mais contexto. 

Exile é, na melhor das definições, uma grande conversa musical.

Aí eu quero fechar com um parêntese: esses temas geralmente são um saco. Vivo dizendo isso e não mudei de opinião. Com o anúncio da re-regravação do Red, entretanto, eu li a mensagem da Taylor Swift sobre o álbum e fiquei pensando... É.

Eu gosto do jeito que ela aborda esses assuntos de romance, sentimentalismo e até perda do amor perfeito. É honesto e autêntico, me dá vontade de ouvir o que ela tem a dizer. O que não é todo dia que acontece.

Antes que eu esqueça (de novo)

Você pode ouvir a versão original de exile aqui. No Play nos vamos com o vídeo que mostra os dois gravando suas partes da música, e é muito legal de ver.


Letra

I can see you standing, honey
With his arms around your body
Laughin', but the joke's not funny at all
And it took you five whole minutes
To pack us up and leave me with it
Holdin' all this love out here in the hall

I think I've seen this film before
And I didn't like the ending
You're not my homeland anymore
So what am I defending now?
You were my town, now I'm in exile, seein' you out
I think I've seen this film before

Ooh, ooh, ooh

I can see you starin', honey
Like he's just your understudy
Like you'd get your knuckles bloody for me
Second, third, and hundredth chances
Balancin' on breaking branches
Those eyes add insult to injury

I think I've seen this film before
And I didn't like the ending
I'm not your problem anymore
So who am I offending now?
You were my crown, now I'm in exile, seein' you out
I think I've seen this film before
So I'm leaving out the side door

So step right out, there is no amount
Of crying I can do for you
All this time
We always walked a very thin line
You didn't even hear me out (You didn't even hear me out)
You never gave a warning sign (I gave so many signs)
All this time
I never learned to read your mind
(Never learned to read my mind)
I couldn't turn things around
(You never turned things around)
'Cause you never gave a warning sign
(I gave so many signs)
So many signs, so many signs
You didn't even see the signs

I think I've seen this film before
And I didn't like the ending
You're not my homeland anymore
So what am I defending now?
You were my town, now I'm in exile, seein' you out
I think I've seen this film before
So I'm leavin' out the side door

So step right out, there is no amount
Of crying I can do for you
All this time
We always walked a very thin line
You didn't even hear me out (Didn't even hear me out)
You never gave a warning sign (I gave so many signs)
All this time
I never learned to read your mind
(Never learned to read my mind)
I couldn't turn things around
(You never turned things around)
'Cause you never gave a warning sign
(I gave so many signs)
You never gave a warning sign (All this time)
(So many signs) I never learned to read your mind
(So many signs) I couldn't turn things around
(I couldn't turn things around)
'Cause you never gave a warning sign
(You never gave a warning sign)
You never gave a warning sign
Ah, ah