Dragon Ball Super estreou uma nova transformação divina para Vegeta no capítulo 74 do mangá. Embora o nome exato da nova forma de Vegeta ainda esteja um pouco em evolução (no momento em que este post vai ao ar) já pode ser explicado como os poderes do "Vegeta Deus da Destruição" finalmente se manifestando por completo, após seu treinamento com Lorde Bills

Bem, enquanto os fãs esperam pelo capítulo 75 do mangá Dragon Ball Super chegar e iluminar mais o que está acontecendo com os novos poderes de Vegeta, uma teoria está emergindo que usa pistas dos arcos passados ​​da série para explicar qual é a verdadeira fonte do poder do Vegeta Deus da Destruição.

Instinto puro: o poder de um destruidor

O último trabalho de treinamento de Dragon Ball Super para Goku e Vegeta levou os dois heróis Saiyajin por caminhos completamente diferentes de desenvolvimento de poder. Goku se comprometeu com o estado zen do Instinto Superior (Ultra Instinct) usado pelos anjos; no entanto, Bills abriu uma porta diferente para Vegeta passar. 

Bills ensinou Vegeta que o poder divino vem em diferentes formas, que são adequadas a diferentes tipos de personalidades. Para Deuses da Destruição, há um caminho muito diferente para o poder; em Dragon Ball Super Capítulo 69, o treinamento brutal de Bills com Vegeta revelou a chave:

"Enquanto a dúvida pesar em sua alma, esse poder nunca será seu para exercer", Bills explicou a Vegeta depois de mostrar a ele o poder do Hakai. "Deixando de lado seus próprios crimes, você está se sentindo culpado pelos pecados de todos os Saiyajins. Isso é muito egocêntrico de sua parte, mortal ... Enquanto estiver preso ao passado, você nunca conseguirá superar esse ponto ... Minha mente está sempre na destruição e nada mais. É por isso que não há limite para o meu poder."


O treinamento mental que Bills deu a Vegeta e a transformação resultante é claramente uma reminiscência do momento de volta no arco Torneio de Poder de Dragon Ball Super, onde o líder da Tropa do Orgulho, Toppo (do Universo 11) desbloqueou sua própria forma e poderes de Deus da Destruição.

Os principais detalhes que conectam os poderes de Destrutivos de Vegeta e Toppo são os momentos que levaram às transformações de ambos os guerreiros. Toppo abandonou a causa da justiça (o ideal central de um membro da Tropa do Orgulho) para fazer o que fosse necessário para ajudar seu universo a sobreviver ao torneio. 

Da mesma forma, em sua batalha com o novo guerreiro Granolah, Vegeta é levado a um ponto em que ele está apenas lutando por instinto para sobreviver - não carregando o peso de salvar um mundo, universo ou qualquer outra pessoa. A observação anterior de Bills sobre a culpa e dúvida de Vegeta de repente soa verdadeira: Granolah empurra Vegeta além do ponto de se preocupar com tudo isso, desbloqueando assim seu poder de Destruidor.

Como Bills já nos disse (e Vegeta e Toppo demonstraram): o poder de um Destruidor vem do abandono de todas as nossas crenças e valores mais fundamentais para abraçar apenas uma ideia: a destruição. A boa notícia para Vegeta é que o resto da proclamação de Bills agora parece verdade também: enquanto um Destruidor estiver focado na única tarefa de destruição, seu poder é ilimitado. Essa pode ser a única chave para ajudar Vegeta a finalmente acabar com Granolah, o guerreiro mais forte do universo.

Os novos capítulos do manga Dragon Ball Super podem ser acompanhados gratuitamente aqui!

via CB