Mestres do Universo: Salvando Eternia a animação da Netflix trazendo de volta o personagem e universo de He-Man, já está disponível no streaming, levando os fãs de volta ao mundo da Eternia com a série de animação original produzida por Kevin Smith no comando. Atuando como uma espécie de reinicialização suave da série original, Smith e companhia não tiveram medo de fazer grandes mudanças nas últimas aventuras do Príncipe Adam e as forças do Castelo de Greyskull, além de trazer alguns pesos pesados ​​quando se trata de dubladores (norte-americanos) para dar voz para He-Man, Esqueleto e outros heróis e vilões.

Kevin Smith, o diretor de filmes como Clerks, Mallrats, Chasing Amy e outros, não se intimidou com seu amor por todas as coisas de Eternia, com a série animada mostrando que, como produtor da série, a história atualizada está tentando homenagear o original e, ao mesmo tempo, contar histórias novas e mais sombrias para alguns personagens amados. 


Algumas das mudanças que foram feitas na série em relação à história original podem ter feito alguns fãs ficarem surpresos, no entanto, já que a diferença entre a pontuação crítica e a pontuação do público parece ser muito diferente uma da outra.

A pontuação do Rotten Tomatoes está atualmente em 97% com os críticos e 39% com o público, já que a última história da história de Eternia definitivamente dividiu os espectadores em termos de avaliação geral, ao que parece:



Com os cinco primeiros episódios da série já disponíveis na Netflix, fica no ar a angústia para conferir o resto da história e ver onde a série chegará com as novas ideias apresentadas. Você já conferiu o retorno do Principe Adam/He-Man na Netflix? Curtiu até o momento?

via CB