Nesta sexta-feira (16) o Powerwolf lança Call of the Wild, oitavo álbum de estúdio. Formada por Matthew Greywolf (guitarra), Charles Greywolf (guitarra, baixo) Falk Maria Schlegel (teclados), Attila Dorn (vocais), e Roel van Helden (bateria), a banda é um grande representante do metal alemão. Com um power metal bombástico, pomposo e estiloso, eles divertem, empolgam e chocam tudo de uma vez.

A primeira razão é o visual, com o corpse paint e as roupas pseudo religiosas. A segunda são os temas, que surpreendem. São histórias de terror, vampiros, lobisomens, sexo, religião, e história. Mas sabe que é até divertido? Uns títulos e músicas são tão absurdos que acabam fazendo você rir - do jeito bom.

Por causa disso o Powerwolf causa uma confusão enorme. A banda é cristã? É satanista? Nenhum dos dois. A banda apenas escreve letras sobre coisas, não tem uma mensagem específica. 

Dai vem a pergunta: vale a pena ouvir Powerwolf? Sim. É uma banda que merece a sua atenção, e com o novo álbum saindo reunimos sete músicas que você precisa conhecer. Por que sete? Para combinar com os sete pecados capitais, claro.


1. Dancing With the Dead

Música maravilhosa. A banda emplacou o seu melhor refrão, e olha que eles têm muitos bons. A melodia explode nos ouvidos, sem brincadeira. A jovem da letra se perdeu para o mundo sombrio, mas deixou um som fantástico.



2. We Drink Your Blood

É o "hino dos monstros". Uma música mais cadenciada, e a que realmente impulsionou a fama do Powerwolf: foi a primeira vez que eu ouvi a banda, por exemplo. E com certeza foi a primeira de muitos fãs.



3. Demons Are a Girl's Best Friend

Minha favorita deles. Será que é por que eu sou de família religiosa tradicional?

Nunca saberemos.



4. Sanctified With Dynamite

Quem já ouve Sabaton e curtir os temas, o Powerwolf é uma banda perfeita para ouvir. Eu gosto como os teclados/órgão dão um ar tenebroso de igrejas em jogos de terror. Outra vez eu quero enaltecer Attila Dorn. Eu adoro ele.



5. Sacred & Wild

As guitarras do Powerwolf são ótimas, mas da nossa lista eu diria que nessa música elas brilham com folga. É uma música mais cadenciada, com mais passagens instrumentais. Eu gosto bastante.



6. Fist by Fist - Sacralize or Strike

É uma música mais objetiva na duração, com apenas 3min33s, mas se você reparar, tem um grau de detalhes interessantes nela. Um bom power metal sinfônico.



7. Resurrection by Erection

Eu não disse que tem título do Powerwolf que é engraçado por ser absurdo? Tá aqui um exemplo.