Morreu Dusty Hill, baixista do ZZ Top. O notícia foi dada nesta quarta-feira (28), por meio da página oficial da banda no Facebook. Segundo a mensagem, Hill, que tinha 72 anos, faleceu em data não divulgada enquanto dormia na sua casa no Texas, EUA. 

No dia 21 de julho o ZZ Top cancelou o show em Evansville, Indiana, por causa de um "problema de saúde dentro da banda", segundo um jornal local. Na última sexta-feira (23) o ZZ Top se apresentou em New Lenox, Illinois, sem Hill. O baixista foi forçado a voltar para o Texas resolver um problema no quadril. Em seu lugar tocou o técnico de guitarra de longa data Elwood Francis.

O ZZ Top havia iniciado a turnê mais recente há dias semanas em Manchester, Iowa. Batizada de A Celebration With ZZ Top, a turnê irá correr os EUA, com o show no The Venetian Theater em Las Vegas, adiado no ano passado, agendado para outubro deste ano.

Recentemente o guitarrista Billy Gibbons disse a revista Classic Rock que o ZZ Top estava trabalhando no 16º álbum de estúdio, depois que ele concluiu seu último disco solo, Hardware. "Enquanto estávamos trabalhando em 'Hardware', eu estava enviando os rascunhos que poderiam não ter se encaixado nisso [o álbum solo], mas certamente eram adequados para o ZZ".

Formado em 1969, o ZZ Top é um dos grandes nomes dos nomes mais icônicos do rock. Com as origens no blues, a banda se tornou famosas pelas letras com conotação sexual, as raízes no Texas e uma boa dose de humor. Outro fator tornou a banda famosa: o visual chamativo de Dusty Hill e Billy Gibbons, raramente vistos sem os óculos escuros, as longas barbas e os chapéus Stetson.