A grande reviravolta na trama de The Flash envolvendo os Godspeed nos levou para uma história no estilo do clássico Highlander para os misteriosos vilões speedster da série. O último episódio revela que os múltiplos Godspeed no Arrowverse não estão realmente do mesmo lado. 

Uma das maiores perguntas sem resposta deixadas na sexta temporada de The Flash diz respeito à verdadeira natureza do speedster vestido de branco, Godspeed. Uma versão anterior do Godspeed acabou por ser um androide superpotente, mas eles nunca foram capazes de descobrir de onde ele realmente veio.

Poderia ter sido feito pelo criador pré-crise de Godspeed, August Heart, ou talvez um vilão completamente diferente. De qualquer forma, o que eles sabiam era que o objetivo do cérebro era atingir “velocidade infinita”. Não foi até o episódio 15 da sétima temporada de The Flash, “Enemy at the Gates” - que a série revisitou o mistério do vilão. No episódio o Team Flash teve que lidar com vários clones Godspeed invadindo o STAR Labs.

O que os salvou, no final, foi a chegada de mais androides Godspeed, que inexplicavelmente lutaram contra os intrusos. Não acreditando que resgatá-los era o ponto, Barry (Grant Gustin) chegou à conclusão de que eles estavam no meio de uma “guerra civil Godspeed". O motivo por que eles estariam em desacordo não está claro, mas uma resposta possível é que este novo conflito é uma espécie de situação Highlander

Na franquia Highlander, o personagem principal Connor McLeod é um espadachim imortal que está constantemente sendo pego em brigas com outros imortais em busca de sua cabeça. Os imortais estão sempre se matando na franquia por causa da ideia “só pode haver um” que move os personagens.


A mesma mentalidade pode ser o que motiva os Godspeeds a batalhar durante a sétima temporada de The Flash. Isso faz sentido, especialmente quando se leva em consideração como seus poderes funcionam. Semelhante aos imortais em Highlander, os clones podem ter algo a ganhar matando uns aos outros. 

Em Highlander, acreditava-se que o último imortal sobrevivente iria adquirir o poder final. Um cenário não muito diferente daquele pode estar se desenrolando em The Flash. Se os clones podem drenar a velocidade de sua própria espécie (e não apenas a de Barry), então haveria de fato uma vantagem em ligar um ao outro. A última peça de Godspeed poderia ter o poder de todas os Godspeed combinados.

A corrida para se tornar o speedster mais rápido é um antigo tema do Arrowverse, e pode estar em processo de ser revivido com Godspeed na temporada 7 de The Flash. À medida que a guerra civil esquenta nos episódios que virão, eles podem começar a se eliminar até que apenas um rival para o Flash permaneça. 

Se for esse o caso, a estranha luta interna entre os Godspeeds pode ser uma consequência não intencional de seu criador ter feito tantos deles.

via SR