Diablo 2: Resurrected foi lançado no dia 23 de setembro, trazendo o clássico RPG de ação para PC e consoles. O game recebeu melhorias gráficas e muito mais, porém em grande parte é um remake fiel do jogo lançado em 2000. Sendo assim, se a sua única experiência com a franquia é Diablo 3, espere algo menos amigável.

Resurrected não fala muito, chuta você na cara e te faz andar, pois não dá para correr porque a stamina acabou. Mas por ser um game tão fiel, significa guias não vão faltar para ajudar! Aqui nós temos sete dicas que você precisa saber antes de se aventurar em Diablo 2: Resurrected.

1) Planeje sua classe, e mantenha o plano


Com tantas possibilidades que Diablo 2 oferece, cada classe pode funcionar de maneira bem diferente dependendo das suas escolhas. O Necromante, por exemplo, pode focar em invocar um exército de lacaios, ou investir os pontos de habilidade em feitiços para causar causando dano direto. Assassinos podem focar em armadilhas ou habilidades de artes marciais. 

Você pode combinar as habilidades como quiser, mas é melhor fazer um plano e investir seus pontos de acordo, pois eles são limitados. Diablo 2 até tem um sistema de reset de habilidades, mas as oportunidades de reset também são limitadas.

Algumas oportunidades serão dadas gratuitas enquanto você joga, e outras vão precisar reunir recursos. Então não se planeje para ter o mesmo nível de liberdade de Diablo 3.

2) Olho na stamina


Você só pode correr por um tempo limitado antes de ficar sem stamina e ser forçado a andar. É possível alternar entre correr e andar manualmente, economizando energia para não ficar sem ela quando você mais precisar. Poções de Stamina, alguns itens, e o atributo de Vitalidade também ajudam.

Ainda assim, fique sempre de olho na stamina, além do HP e mana - principalmente se estiver jogando sozinho. Não tem nada pior do que não conseguir escapar de uma luta porque antes você gastou a sua stamina correndo sem necessidade.

3) Não menospreze a morte


Outra coisa para não esquecer é a morte do seu personagem em Diablo 2. Quando isso acontecer pela primeira vez, você pode se surpreender ao descobrir que ele renasceu na cidade... Sem nenhum equipamento.

Para recuperar o seu loot, será preciso voltar ao seu corpo e pegar ele. Sem armadura o seu personagem estará vulnerável, por isso manter itens de backup é uma boa jogada. Só esteja ciente de que você vai precisar de espaço no inventário para pegar os itens anteriores. Para quem estiver se aventurando em uma luta difícil, é aconselhável abrir um portal da cidade antes de começar, evitando toda caminhada chata até o lugar onde você morreu.

Morreu de novo antes de recuperar o seu corpo? Nada tema: você apenas irá dropar um corpo extra, mas ainda terá chance de pegar o seu equipamento de volta. A exceção é o modo Hardcore, onde uma única morte significa o fim e a perda de todo seu progresso.

4) Priorize os seus alvos


Inimigos também podem ressuscitar em Diablo 2, por isso você deve prestar atenção nestas lutas. Na sua primeira missão, explorando o Covil do Mal, você irá encontrar o Xamã Caído, que revive os inimigos mortos por você. Neste caso, o seu foco deve ser o Xamã.

Aqui também tem outra dica: observe os atributos do inimigo no topo da tela. No caso do Xamã Caído, vai dizer que ele revive os mortos. Ao longo do jogo você irá encontrar inimigos que devem ser o foco do seu ataque em relação a outros.

5) Lootear? Sim, mas seja inteligente


Você vai encontrar muito loot enquanto joga Diablo 2, mas isso não significa que tudo vai valer a pena. Embora seja possível vender qualquer item na cidade, fazer isso várias vezes vai se tornar um tédio. Sendo assim, economize o seu tempo pegando apenas os itens mais valiosos. 

Itens específicos de uma classe são uma boa pedida, bem como anéis/amuletos e itens que fornecem um ponto para uma das habilidades de uma classe. Foque neles e ignore itens de baixo valor. Assim você vai aumentar os ganhos e reduzir o número de viagens de volta à cidade que serão necessários.

6) Prepare-se para o grind


Diablo 2 não tem um final como seria esperado de um jogo moderno, e eventualmente você vai se encontrar passando muito tempo enfrentando repetidas vezes um chefe para ganhar itens melhores. Antes de chegar neste ponto, entretanto, você vai se encontrar fraco, então prepare-se para grindar XP. Com sorte, você conseguir bons itens repetindo certas partes do jogo.

7) Contrate um mercenário para ajudar


A medida que você avançar no Ato 1 da história, poderá contratar o primeiro mercenário - um dos NPCs na cidade do Ato 1. Existem vários tipos de mercenários para contratar a medida que Diablo 2 avança, mas você só pode ter um por vez. Então procure por um mercenário complemente sua classe lendo as habilidades antes de contratá-lo.

Quando você tiver um mercenário, dê equipamentos para aumentar a sua efetividade. Vale registrar: itens etéreos, que não podem ser reparados, são úteis com mercenários. Motivo? Itens equipados com mercenários não perdem durabilidade.