Procurando um pouco de ação para sair da rotina monótona? Chegou no lugar certo, pois hoje (28), o game Steel Assault está entre nós. Reunindo elementos de games clássicos de ação, plataforma e beat n up, reforçado pelo visual pixel art de 16 bits, temos uma interessante aventura a nossa disposição.

Steel Assault

Soque, chicoteie e deslize pelos ares com sua tirolesa para abrir caminho através de uma América pós-apocalíptica neste jogo de ação em plataformas com estilo retrô 16 bits! Jogue como Taro Takahashi, um soldado da resistência em uma missão de vingança contra o ditador que governa sobre às cinzas de tudo que restou.

Um aventura no tempo


Assumindo o controle de Taro Misuki para a aventura em Steel Assault logo de cara o game tende a ser abraçado pelos jogadores mais antigos pela sua combinação de estilo de jogo e arte. Teremos um sentimento que foi colocado no liquidificador um pouco de games como Mega-Man, Strider (Hiryu), Cadilacs and Dinosaurs, Captain Commando e umas chibatadas dos Belmonts, foi para a forma e nos entregou um belo desafio para desafiar o quanto Metal Slug te rendeu de habilidade para esquivar de tiros.

Com tantas referências e elementos que nos levam a viajar pela nostalgia, Steel Assault também nos traz o desafio com a dificuldade peculiar da época e com alguns toques mais moderninho. Com uma jogabilidade simples de pulo, ataque, slide e inclusão do rapel, teremos de ser criativos ao longo da jornada para superar desafios e boss.

Com tudo isso os destaques são:


  • Ação acelerada em plataformas 2D: Combate dinâmico e fluido de progressão lateral com um conjunto de movimentos estiloso e toneladas de inimigos e chefes para lutar;
  • Ação única com gancho e tirolesa: Uma nova reviravolta na mecânica clássica do gancho, abrindo possibilidades eletrizantes de movimento;
  • Estilo pós-apocalíptico de 16 bits: Um estonteante mundo de ficção científica renderizado através de uma detalhada pixel art e complementada por intensas batidas sintetizadas no mais cristalino som FM;
  • Experiência de jogo clássica: Ação intensa em fases com detalhes criados à mão e com resolução de tela ideal para jogos no consagrado estilo retrô das clássica TVs CRT.

A magia da pixel art

Juntando tudo que foi dito, não há como negar que a grande cereja desse bolo é o visual retrô e com direito as barras pretas laterais, emulando as TVs antigas ou o que acontece ao jogarmos os games antigos nas TVs atuais. Simplesmente os pequenos detalhes do entretenimento.

O visual não apenas reforça esses detalhes mas como abusa de cenários bem desenhados e definidos, e mesmo em alguns pontos, é tão natural que alguns momentos nós deixará na dúvida do que é interativo, obstáculo ou apenas background. Sim saudosista, eu disse que você ia se sentir em casa com o Steel Assault.

Correr e bater


Se você curte um jogo de ação com a pegada clássica, Steel Assault é mais do que recomendado, e claro, se a idade também bateu aí, sabe que esses elementos ainda mexem com as crianças trintonas ao se depararem com games assim. O desafio está garantido e está no ar, você vai encarar?

Steel Assault está disponível para PC e Nintendo Switch. Para o rodar o game na sua máquina gamer ele exige modestos:

Requer um processador e sistema operacional de 64 bits
SO: Windows 7+, 64-bit only
Processador: Intel Core 2 Duo E8400 or AMD Phenom II X2 550
Memória: 2 GB de RAM
Placa de vídeo: GeForce 9600 GT or Radeon HD 3870
DirectX: Versão 11
Armazenamento: 300 MB de espaço disponível.