Crédito: Divulgação / @estudioterezaearyanne

Quem nunca se viu tendo que adiar seus sonhos por conta de trabalho, dinheiro ou para agradar outras pessoas? Esse é o questionamento que a cantora e compositora Fernanda Pessoa faz em seu single de estreia, “Agora te entendo Belchior?”. A faixa, que já está disponível nas principais plataformas de streaming, une o groove do indie pop com a poesia da MPB em diálogo direto com a obra do compositor cearense, autor de “Como Nossos Pais”, “A Palo Seco”, entre outros sucessos.

"A letra fala sobre o quanto a gente tolhe os nossos sonhos em prol do mercado de trabalho e do capitalismo, que obriga a gente a se colocar em última instância em relação a todo o resto. E o Belchior era o tipo de artista que instiga a gente a lutar pelos nossos sonhos em suas composições. Essa música é uma reflexão minha sobre esses sentimentos, e sobre como a arte pode nos ajudar a resistir", revela Fernanda, que também cita Tim Maia, Maria Gadú, Amy Winehouse e Interpol como referências.

Fernanda explica que a ideia da letra surgiu “do nada”, durante uma madrugada em claro. Diferente de outras composições suas, o texto já veio acompanhado da melodia, e por isso acabou conquistando um lugar especial para a compositora. Não à toa, a faixa foi escolhida por ela para ser seu primeiro registro oficial em estúdio.

"Agora te entendo, Belchior?" é a primeira amostra do EP de estreia da artista, com lançamento previsto para 2022. Gustavo Arruda (Plutão Já Foi Planeta) e Rodrigo Cunha assinam a produção. A distribuição é da Agulha Produções.