Plays anteriores


Dedicar o Play de outubro ao Genesis tem sido uma terapia. Eu adoro a banda, e gosto demais do álbum que motivou o especial. Quer um exemplo? Sábado passado foi muito estressante. Devia ser proibido o melhor dia da semana ter stress. Mas nos momentos (raros) que eu parei pra ouvir Genesis no celular, deu um respiro de calma muito bem-vindo. E hoje eu quero compartilhar com você um combo musical que eu adoro: Home by The Sea e Second Home By The Sea.

Nostalgia em dobro

Conhecer a discografia do Genesis veio mais ou menos ao mesmo tempo que eu conheci a internet, mas pra mim ainda era tudo muito novo. Eu não sabia que tinha essas coisas de Emule, Limewire. Então o rádio era meu melhor amigo pra curtir música. Como a minha insônia vem desde adolescente, os programas de música flashback, que tocavam no fim de noite ou no começo da manhã, eram o que eu ouvia mais. 

(Além da rádio MEC FM, de música clássica)

Eu adoro o streaming, de verdade. Mas quem nasceu nessa época não sabe como era a alegria simples do rádio finalmente tocar uma música que você adorava. Ou de esperar o comercial pra saber o nome da música que você ouviu, gostou, mas não conhecia. Faz você valorizar muito mais a tecnologia atual.

E o nosso Play?

Home by the Sea tem uma das introduções e melodias mais empolgantes do Genesis era Phil Collins. O tecladista Tony Banks manda muito bem. Não sei explicar o sentimento, mas eu gosto de definir como "teclados realmente britânicos". É uma música que une o talento famoso do Genesis no prog rock, e o talento que estava aparecendo no pop rock.

Uma música bem trabalhada e ao mesmo tempo, simples... E ela tem continuação! Foi uma surpresa e tanto saber que Second Home by the Sea existia. Demorei a gostar dela porque é basicamente um instrumental, e perto de Home by the Sea parecia "chata".

Com o tempo ela caiu no meu gosto justo por ser a parte onde brilha o Genesis prog. Não para por aí: apesar das duas músicas terem humores totalmente diferentes, ela se ligam muito bem. 

Calma ai! Ainda tem mais

Como são duas músicas, acabei deixando para o final uma coisa: Home by the Sea tem uma historinha bem legal! A letra é sobre um ladrão que arromba uma casa e descobre que está assombrada. O ladrão é capturado pelos fantasmas, que obrigam ele a ouvir suas histórias pelo resto da vida.

(Agora sim, depois de mais esse Armadura Nerd Músicas & Curiosidades, solte o play)


Letra

Creeping up the blind side, shinning up the wall
Stealing through the dark of night
Climbing through a window, stepping to the floor
Checking to the left and the right
Picking up the pieces, putting them away
Something doesn't feel quite right

Help me someone, let me out of here
Then out of the dark was suddenly heard
"welcome to the home by the sea"

Coming out the woodwork, through the open door
Pushing from above and below
Shadows with no substance, in the shape of men
Round and down and sideways they go
Adrift without direction, eyes that hold despair
Then as one they sigh and they moan

Help us someone, let us out of here
Living here so long undisturbed
Dreaming of the time we were free
So many years ago
Before the time when we first heard
"welcome to the home by the sea"

Sit down...Sit down
As we relive our lives in what we tell you

Images of sorrow, pictures of delight
Things that go to make up a life
Endless days of summer, longer nights of gloom
Waiting for the morning light
Scenes of unimportance, photos in a frame
Things that go to make up a life

Help us someone, let us out of here
Living here so long undisturbed
Dreaming of the time we were free
So many years ago
Before the time when we first heard
"welcome to the home by the sea"

Sit down...Sit down
As we relive our lives in what we tell you
Let us relive our lives in what we tell you

Sit down...Sit down
Cause you won't get away
No with us you will stay
For the rest of your days. So sit down
As we relive our lives in what we tell you
Let us relive our lives in what we tell you