Plays anteriores



Parece que outubro voou, né? Chegou a última segunda-feira do mês, então atualizamos a playlist do Solta o Play no Spotify. Perdeu algum som desse ano? Está tudo lá. Desse mês você também pode (e eu recomendo) clicar nos links acima, e conferir os textos das outras semanas, pois Genesis é bom demais. Mesmo.

Em outubro a gente comemorou o aniversário do álbum homônimo, lançado no dia 3 de outubro de 1983. Foi uma mistura de memórias e histórias musicais sobre esse que é o meu segundo álbum favorito da banda, e hoje tem outra. Vamos dar adeus para outubro com That's All. (literalmente)

As vezes é bom ser simples

That's All é fantástica porque não fala de nada específico, e por isso ela é fantástica. É simplesmente uma música onde o Genesis tentou algo pop com melodia no estilo dos Beatles. Agora, eu não ouço Beatles a ponto de dizer se realmente deu certo.

O que eu sei, é: a ideia de fazer uma música cativante deu muito certo, e os números confirmam isso. Nos EUA, That's All chegou ao sexto lugar da Billboard Hot 100 no início de 1984. Foi o primeiro single do Genesis a conseguir esse feito. No Reino Unido, a música alcançou o 16º lugar das paradas.

E o nosso Play?

Novamente, é a simplicidade dessa música que eu simplesmente adoro. É uma melodia bem construída, sim, e ela gruda na sua ideia com uma facilidade enorme. E tem termo técnico pra isso! Earworm, ou brainworm. Tudo na música é fácil de cantar, gostoso de cantar. 

Mesmo a bateria programada, uma das coisas menos queridas da música, foi muito bem aplicada. Dos músicos não tenho nada pra falar além de elogios. O ritmo cadenciado dos teclados é divertido, e a guitarra tem um jeito tão leve, mas ainda assim guitarra de marcar presença, fazendo uma dupla ótima com o baixo.

A letra não tem um significado mirabolante, mas me faz pensar. Numa primeira bisolha parece aquela coisa romântica do a gente não se entende, mas não vivo sem você. Mas considerando outras músicas que o Phil Collins já escreveu, pode ser algo um pouco mais "sinistro".

Em todo caso ainda é uma música excelente, e era uma alegria enorme de ouvir tocar no rádio. Eu adoro a introdução dela, de verdade. É a segunda melhor do álbum (porque a de Home by the Sea é matadora demais).


Letra

Just as I thought it was going alright
I find out I'm wrong, when I thought I was right
S'always the same, it's just a shame, that's all

I could say day, you'd say night
Tell it's black when I know that it's white
Always the same, it's just a shame, that's all

I could leave but I won't go
Though my heart might tell me so
I can't feel a thing from my head
Down to my toes

So why does it always seem to be
Me looking at you, you looking at me
S'always the same, it's just a shame, that's all

Turning me on, turning me off
Making me feel like I want too much
Living with you's
Just putting me through it all of the time

Running around, staying out all night
Taking it all instead of taking one bite
Living with you's
Just putting me through it all of the time

I could leave but I won't go
But it'd be easier I know
I can't feel a thing from my head
Down to my toes

But why does it always seem to be
Me looking at you, you looking at me
S'always the same, it's just a shame, that's all

But you say I love you
More than I wanted to
There's no point in trying to pretend

There's been no-one who
Makes me feel like you do
Say we'll be together till the end

I could leave but I won't go
It would be easier I know
I can't feel a thing from my head
Down to my toes

So why does it always seem to be
Me looking at you, you looking at me
S'always the same, it's just a shame, that's all

But I love you
More than I wanted to
There's no point in trying to pretend

There's been no-one who
Makes me feel like you do
Say we'll be together till the end

Just as I thought it was going alright
I find out I'm wrong when I thought I was right
S'always the same, it's just a shame, that's all

I could say day, you'd say night
Tell me it's black when I know that it's white
S'always the same, it's just a shame, that's all

That's all