A trajetória do pianista, compositor e arranjador Geraldo Flach (1945-2011) é homenageada com o lançamento de um disco tributo inédito, que traz interpretações de algumas de suas criações mais marcantes. Intitulado "Flachianas", o disco conta com dez faixas executadas pelo Cristian Sperandir Grupo e convidados.

O álbum está em pré-venda nos formatos digital e físico e pode ser adquirido no site geraldoflach.com.br, pelo valor de R$ 35,00 (mais valor do frete). O disco faz parte do ciclo de homenagens do selo Tributo a Geraldo Flach, que marca uma década sem o artista e inclui também um longa documental e um songbook, ambos em fase de desenvolvimento.

Considerado um dos maiores instrumentistas e arranjadores do Brasil, Geraldo Flach apresentou sua arte em grandes palcos nacionais e internacionais. Manter viva a obra do músico é um dos constantes propósitos da produtora cultural Ângela Flach, viúva do artista. Para ela, o projeto "Flachianas" surgiu para levar a memória musical do pianista para novos espaços e públicos: "É um projeto de extrema importância para que a música chegue em pessoas que não conhecem Geraldo".

Revelação da música contemporânea, o vencedor do Prêmio Açorianos de Música em 2019, na categoria Instrumental como Melhor Intérprete com seu primeiro álbum Bons Ventos, Cristian Sperandir é pianista, compositor, arranjador e produtor musical.

Admirador e estudioso da obra de Geraldo Flach, assumiu a desafiadora tarefa de reinterpretar criações do músico. “É uma imensa responsabilidade tocar a obra deste grande artista. Ainda mais tentando empregar nossa própria identidade, sem perder a raiz e toda a beleza da música dele", acredita.

Além do grupo, o disco conta com participações especiais. A instrumental "Rancheirinha" ganhou letra composta por Jerônimo Jardim, interpretada na voz de Shana Muller. Paola Kirst canta "Novo Rumo", gravada originalmente por Elis Regina. Além disso, Lorenzo Flach, neto de Geraldo, coloca seu sentimento e seus pedais em "Reencontro". Clássicos como "Cão Vadio", "Choro por Julio" e "Piano Azul" também estão no disco que conta com o apoio dos Amigos da Sala Jazz Geraldo Flach de Porto Alegre.

A segunda etapa de tributos prevê um documentário em produção que vai resgatar um pouco da história musical do compositor. "Ele tem um papel importantíssimo como vetor de uma cena musical no sul do Brasil”, destaca o diretor do longa-metragem, Rene Goya Filho. “Estamos agora no processo de pesquisa do extenso material de arquivo que temos à disposição, com imagens de várias épocas desde os anos 1960", explica. A produção busca agora recursos para incorporar mais pessoas ao trabalho.

Por fim, Geraldo deixou muitas partituras e todas elas foram catalogadas pelo músico e arquivista Luiz Martins, "com carinho e acuro", segundo Ângela Flach, que guarda esta documentação que dará origem a pelo menos um songbook. "Mas papel parado alimenta traças apenas. Selecionar esse material e transformá-lo em fonte de pesquisa, exercício e novas criações é o objetivo", explica. O Songbook possibilitará essa circulação. "Não podemos permitir que a arte fique presa a uma gaveta", conclui.


Serviço

Pré-venda do disco "Flachianas" (independente, 10 faixas, 59 min.)
Cristian Sperandir Grupo: Antonio Flores, Bruno Coelho, Caio Maurente, Cristian Sperandir e Sandro Bonato.
Convidados: Lorenzo Flach, Paola Kirst e Shana Muller
Preço: R$ 35,00 (mais valor do frete) | digital e físico


Tracklist:

01. Voo da Águia
02. Choro por Júlio
03. Cão vadio (letra)
04. Rancheirinha (instrumental)
05. Choro da alma
06. Reencontro
07. Novo Rumo (letra)
08. Baiãozinho
09. Piano azul
10. Rancheirinha (canção) (letra)