A terceira etapa da Porsche Esports Sprint Challenge, em Imola, teve Rogério Santos Neto e Murilo Biscaro como vencedores. A etapa mostrou mais uma vez o equilíbrio e o alto nível dos pilotos em disputas incríveis.

Em um quali muito equilibrado com mais de 25 pilotos dentro do mesmo segundo, Rogério Santos Neto cravou a pole position, seguido pelo líder do campeonato Raphael de Leo.

Na largada Santos Neto tracionou melhor e manteve a liderança, Mathias de Valle ganhou uma posição e pulou para quarto. Na segunda volta o piloto saltou para o terceiro posto após rodada de Leandro Daminelli na curva Acqua Minerale.

Nas posições intermediárias Alisson Ferreira foi acertado por Diego Freitas e causou o primeiro grande acidente da corrida. Osmar Camargo e Leonardo Reis também foram vítimas nos primeiros giros de prova.

Após sete minutos de bandeira verde De Leo começou a se aproximar do líder, mas sem condição de ataque. Fernando Signoretto era um dos destaques da prova, o piloto ocupava o 13º lugar e já acumulava um ganho de 17 posições na corrida.

Cris Pereira era outro piloto que mostrava ótima performance e já figurava no top-6. A 17 minutos do fim da primeira bateria Mathias de Valle e João Brito se chocaram após uma disputa na freada da variante Tamburello, com isso Pereira saltou para a quarta colocação.

Raphael de Leo tentava pressionar Rogério Santos Neto mas o piloto da JEG Team Racing não cometia erros e seguia firme na liderança.

A corrida seguia equilibrada e a variante Tamburello também seguia fazendo vítimas, faltando 10 minutos para o fim quatro carros se chocaram, Osmar Camargo mostrou muita habilidade para desviar dos bólidos que estavam rodados na pista e saltou para o 12º lugar.

Neste momento Cris Pereira se defendia dos ataques de Felipe Iazzetti ao mesmo tempo que Leandro Daminelli superava Iran Negrão colocando seu Porsche Cayman

por dentro na Tamburello em uma excelente manobra.

Faltando menos de cinco minutos para o fim Iazzetti colocou uma roda na grama da curva Acqua Minerale e caiu para o oitavo lugar. Enquanto isso Bruno Bonagura saltava para o terceiro lugar, Pereira era o quarto.

Na última volta Raphael de Leo tentou de tudo em busca da liderança, quase houve o toque, mas Rogério Santos Neto mostrou nervos de aço, não cometeu erros e venceu a primeira prova da Sprint Challenge em Imola.

Bruno Bonagura, Cris Pereira e Leandro Daminelli completaram o top-5.

Com grid da prova 2 sendo definido pela inversão dos 10 melhores da primeira corrida, Murilo Biscaro e Guilherme Meirelles formaram a primeira fila. Na largada a dupla se manteve na liderança após uma largada tranquila nas primeiras filas.

Na terceira volta Felipe Iazzetti fez uma excelente escalada e já ocupava o segundo posto após largar no quinto lugar. Iran Negrão fazia uma prova segura e se mantinha em terceiro.

Um dos destaques neste momento era Raphael de Leo, o líder do campeonato trazia Bruno Bonagura no vácuo e já ocupavam o 6º e 7º lugares respectivamente. A dupla executou uma manobra conjunta para ultrapassar um concorrente voltas antes.

Neste momento Cris Pereira pressionava Guilherme Meirelles e tentava de todas as maneiras entrar no top-3, Biscaro seguia na liderança.

Na metade da corrida Pereira e Iazzetti trocaram tinta no miolo do circuito, ao mesmo tempo Raphael de Leo era superado por Bruno Bonagura que subia para o sexto posto. Na volta seguinte o piloto da Youracebr Esports colocou por fora de Iran Negrão na entrada da Tamburello e era o quinto.

Raphael de Leo também conquistou a posição de Negrão após passar mais da metade da volta lado a lado em uma disputa de arrepiar. Neste momento Lucas Volotão e Rogério Santos Neto se chocaram na entrada da curva 1 e saíram do grupo dos dez melhores da prova.

Enquanto isso Murilo Biscaro seguia na liderança com uma vantagem segura de dois segundos para o Iazzetti, o vice-líder.

Nas voltas finais a grande briga era entre Cris Pereira e Raphael de Leo pelo terceiro lugar. Faltando menos de três minutos para fim Iazzetti descontou toda a desvantagem para o líder e passou a atacar Biscaro, a diferença era de 0.3 segundos.

Na abertura da última volta Iazzetti emparelhou com Biscaro na reta dos boxes e tentou a manobra de ultrapassagem por fora na entrada da Tamburello, o líder da prova retardou a freada e com muita precisão manteve a ponta.

O piloto da equipe Hub Racing ainda tentou pressionar o líder no restante da volta derradeira mas Murilo Biscaro foi impecável ao suportar os ataques para receber a bandeira quadriculada na primeira colocação.

A próxima etapa da Porsche Esports acontece na terça-feira, 30/11 no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, com a categoria Carrera Cup.

O Porsche Esports Program Brasil é uma iniciativa da Porsche Brasil e Porsche Cup Brasil, com patrocínio da TAG Heuer, Pro Racing Simuladores, P1Speed e parceria técnica com IRB e-Sports.

 

O que eles disseram:

“Bom voltar ao pódio, dei azar nas primeiras baterias, infelizmente tivemos que contar com a sorte também além do preparo. Aliviado com o resultado de voltar ao pódio.”

Bruno Bonagura – Youracebr E-sports


“Que prazer imenso estar no pódio aqui. Foi a etapa que eu menos treinei, os resultados não estavam vindo, acabei treinando um pouco menos e o resultado veio. Larguei de 21º na primeira bateria, não tenho acertado a volta do quali e tive que escalar o grid, contei com a sorte do pessoal se encontrar na minha frente e me ajudarem a subir as posições. Largando de P7 na segunda bateria, meu ritmo era melhor que o do pessoal da minha frente, no final foi só segurar a posição. Ofereci ao Raphael de Leo, meu companheiro de equipe, a posição no pódio pela briga dele no campeonato, mas ele gentilmente me deixou subir no terceiro lugar.”

Cristian Pereira - Youracebr E-sports

 

“Feliz em estar mais uma vez no pódio. Parabenizar a todos que subiram ao pódio nessa etapa, foi uma corrida difícil, não achava os momentos para ultrapassar com segurança, então foquei em pontuar o máximo possível. Tentei atacar o Rogério na primeira, mas ele se defendeu bem, segundo lugar foi um bom resultado e marquei pontos importantes. Na segunda consegui escalar com segurança e marcar novos pontos com segurança. Hora de pensar na próxima etapa e continuar com esse bom desempenho.”

Raphael De Leo - Youracebr E-sports

 

“Parabenizar o pessoal que conseguiu subir ao pódio, ao Rapha pela liderança, ao Bonagura por voltar ao pódio. Consegui chegar no vácuo do Murilo, tive a chance de passar na primeira curva na última volta, mas era arriscado de acabar com a corrida dos dois. Foi um resultado melhor que eu esperava, não consegui me dedicar 100% aos treinos nessa etapa por conta de compromissos reais, mas deu pódio e isso foi importante.”

Felipe Iazzetti – Hub Racing

 

“Muito feliz em vencer uma das baterias dessa etapa e poder estar mostrando meu ritmo no campeonato. Todos estão andando muito bem, sabia que a pole era importante para defender a liderança. Consegui me manter na frente do Rapha, mesmo com desgastes do carro, feliz com a primeira vitória do ano. Na segunda tive algumas dificuldades com a latência de internet e isso prejudicou minha corrida.”

Rogério Santos Neto – JegTeam Racing

 

“Feliz pelo resultado da segunda corrida. A primeira foi emocionante, cai para último depois de um toque e consegui remar até a 10ª posição para largar da pole na segunda corrida. As duas primeiras voltas foram fundamentais, onde consegui abrir uma vantagem. O Iazetti tirava tempo todas as voltas, eu tentei controlar a distância, mas tomei um slow down e ele conseguiu chegar no meu vácuo. Foi uma disputa limpa que deixou a corrida ainda melhor.

Murilo Biscaro – Braclean Racing Team

 

Etapa 3 – Ímola – Porsche Esports Sprint Challenge

Corrida 1(top10)

  1. Rogério Santos Neto
  2. Raphael De Leo
  3. Bruno Bonagura
  4. Cristian Pereira
  5. Leandro Daminelli
  6. Felipe Iazzetti
  7. Lucas Volotão
  8. Iran Negrão
  9. Guilherme Meirelles
  10. Murilo Biscaro

 

Corrida 2(top10)

 

  1. Murilo Biscaro
  2. Felipe Iazzetti
  3. Cristian Pereira
  4. Raphael De Leo
  5. Lucas Murno
  6. Fernando Signoretto
  7. Diego Freitas
  8. Guilherme Meirelles
  9. Diego Marcel
  10. João Gabriel

 

Campeonato(top10):

 

  1. Raphael De Leo – 198 pontos
  2. Rogério Santos Neto – 140
  3. Felipe Iazzetti – 122
  4. Mathias de Valle – 111
  5. Luan Hott – 108
  6. Guilherme Meirelles – 101
  7. Leandro Daminelli – 90
  8. Lucas Murno – 89
  9. Murilo Biscaro – 88
  10. Diego Marcel - 77