Um dos temas que dominou por um tempo a ideia de alguns novos jogos foram os simuladores de algo, coisa, vida aleatória e zaz. Talvez o sucesso do insano GOAT Simulator (não, não é a vida do S1mple) possa ter dado o empurrão e vimos, até mesmo, Bread Simulator (pão simulador). E agora a cabra pode ter inspirado a existência de DEEEER Simulator.

Primeiramente, não será uma experiência sobre repentinamente ter 34 anos, contudo, algumas coisas até são possíveis de traçar um paralelo as loucuras que eram comum de conversar e fazer como o mundo fictício do streamer. 


Se você não consegue experimentar games com visuais muito modestos que nos levam de volta para uma época de 32 à 64 bits. Visualmente é uma volta no tempo, e, a jogabilidade também viaja junto e é bem chatinho em alguns momentos para controlar o veado em DEEER Simulator.

Mas se você chegou aqui é provável que você jogou pelo menos meia hora e cometeu loucuras pelo mapa, afinal, é o que temos para fazer no game e, com isso, temos o GTA do veado em ação. Ficar tumultuando na cidade, puxando o crime na cidade.


Se você quer um jogo para causar o máximo que der, até que algum animal policial dê jeito em você, é um game a encarar. Caso contrário, será um jogo que você vai focar excessivamente nos problemas do game. Como DEEER Simulator está disponível para Game Pass, uma curiada grátis não faz mal a ninguém.