Depois de Ser Cinza: João Campos & Elisa Volpatto - crédito: Leonardo Maestrelli

"Depois de ser Cinza", longa de estreia de Eduardo Wannmacher, terá sua première nacional na mostra competitiva do Festival de Cinema de Alter do Chão 2021 (Pará). O público brasileiro poderá assistir gratuitamente de 8 a 12 de dezembro na plataforma do festival. O filme tem lançamento comercial previsto para 2022.

Drama intimista, "Depois de ser Cinza" acompanha três mulheres - Isabel (Elisa Volpatto), Suzy (Branca Messina) e Manuela (Silvia Lourenço) - e seus relacionamentos com Raul (João Campos). Em três tempos diferentes, a trama se desenvolve entre Croácia e Brasil. Leo Garcia ("Legalidade" e "A Benção") assina o roteiro.

Com produção de Frederico Mendina, a realização é da produtora Pironauta (de Porto Alegre), em coprodução com a Ausgang. A Mostra Competitiva terá 97 filmes de 37 países, a Mostra Paralela com 103 filmes de 45 países e a Mostra Especial do Cinema Francês conta com 10 filmes. O homenageado deste ano é o fotógrafo e ambientalista Sebastião Salgado.

O financiamento é do Edital de Concurso "RS Polo Audiovisual – produção em longa-metragem" Pró-cultura RS FAC; Ancine - através do Fundo Setorial do Audiovisual; e do VI Prêmio Santander Cultural / Prefeitura de Porto Alegre / APTC-ABDRS para desenvolvimento de projetos de produção de obras visuais cinematográficas de longa-metragem.


Festival de Cinema de Alter do Chão 2021 | 8 a 12 de dezembro | Grátis