No dia 30 de novembro a Etermax lançou Perguntados para dispositivos Android e iOS. A franquia é conhecida pelo duelo de perguntas e respostas entre jogadores. Desta vez é diferente: trata-se do primeiro jogo singleplayer da franquia! Nele, Milly está causando o caos, e Willy precisa de ajuda para resgatar os amigos. É aí que você entra em cena, encarando maratonas de perguntas e respostas como já é de costume na série. Curiou? Nós demos uma espiada no jogo, e temos as primeiras impressões.

Trailer


É legal porque

Não tem PvP, e isso me deixou mais inclinada a testar o jogo sem má vontade. A real é que se fosse apenas PvP, as chances de eu ter testado seriam mínimas para nenhuma. Embora o jogo tenha o mesmo visual infantil de outros títulos da série Perguntados, não se engane. Ele é honestamente divertido e testa os seus conhecimentos, e tem uma variedade de conteúdo e temas bem interessante. Como foi o meu primeiro contato com a franquia, fiquei positivamente surpresa.

Não é tão legal porque

A quantidade de anúncios exibida é invasiva e incômoda. Não me importo do jogo ter anúncios por ser grátis. É o justo. O que me incomoda bastante é a frequência deles. Vai girar a roleta? Toma anúncio. Quer triplicar suas moedas? Anúncio. Você está numa área do jogo que é dividida em quatro fases? São quatro anúncios. Isso deixa o jogo travado, pois você demora 2x de tempo para fazer o que levaria apenas x.

Nota de rodapé

Mesmo sendo para apenas um jogador, Perguntados Exploradores mantém o fun factor pelo qual a série é conhecida. A casualidade dele é cativante, e o torna numa boa opção para quem quer ter um jogo de queimar a mufa na hora do tédio - a fila do mercado, o trânsito na volta do trabalho, a reunião de família. Apesar disso, a menos que deem uma dosada na quantidade de anúncios, não tenho interesse de voltar.